Razão vs. Emoção?

Lembro uma vez que comentei com um amigo que eu estava para tomar uma decisão e que eu quis que fosse uma escolha racional, e não emocional. Tinha crescido pensando que tudo aquilo que é emocional é leviano, manchado pelo pecado, e futil.

Ele confrontou meu dualismo. E explicou que em Adão nós caímos “completamente” – corpo & alma. Podemos pecar até no pensar. A falta de emoção não torna nossas escolhas mais santas.

E continuo: em Cristo, somos restaurados. Podemos pensar, chorar, rir e sentir para a glória de Deus porque Ele nos criou corpo & alma.

Depois daquela conversa, senti como se um peso fosse tirado das minhas costas. É impressionante a maneira que o dualismo tinge todo nosso entendimento, categorizando tudo ao nosso redor como espiritual (agrada a Deus!) ou material (inútil para Deus).

Imagina a supresa dos dualistas quando chegam no céu e descobrem que Jesus tem corpo físico e sabe dar boas risadas para a glória de Deus!